You used to call me your angel, said I was sent straight down from heaven, you'd hold me close in your arms, I loved the way you felt so strong, I never wanted you to leave, I wanted you to stay here holding me…

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Capítulo 29 e 30


Sel: Claro que eu prometo. Eu nunca vou deixar você.

Demi: Ashley disse a mesma coisa.

Sel: Acredite em mim.                   

Demi: Acredito.

Sel: Quer conversar?

Demi: Sonhei com o dia que Ashley disse que teria um encontro com Joe.

Sel: Certo. Então o Joe também estava no sonho?

Demi: NÃO! Não... Ela só falava dele. Nossa Sel, parecia tão real...

Sel: Não fique assim ok?

Fiquei até de noite deitada assistindo filmes com Selena e depois que ela foi embora eu acabei dormindo novamente. Mas acordei com o barulho da parte batendo lá em baixo. Fui até a escada para descer a mesma mas parei imediatamente.

Joe: Você não pode continuar fazendo isso com elas. – E foi a última coisa que ele disse antes de desligar o telefone. Desci as escadas e coloquei a mão nos ombros de Joe. – Ai que susto, Demetria. – ele se virou rapidamente.

Demi: Tudo bem? Você parece tenso.

Joe: Estou bem, não se preocupe. E você?

Demi: Também. – Joe ia tirar a jaqueta de couro mas eu o impedi – deixa que tiro. Pronto.

Joe: Selena já foi embora?

Demi: Sim, eu acabei caindo no sono outra vez depois que ela foi. Na verdade eu acabei de acordar.

Joe: Desculpa se eu...

Demi: Não, tá tudo bem. – Coloquei a jaqueta de Joe no sofá e fui em direção a cozinha. Joe me seguiu e sentou na bancada da mesma. – O que quer comer?

Joe: Nada, obrigada. – Assenti e peguei um copo se suco na geladeira, me sentando em seguida na frente de Joe.

Demi: Er... Você deveria comer, Joe.

Joe: Olha quem fala.

Demi: Olha, eu não quero que a gente fique nesse clima horrível.

Joe: E o que quer que eu faça?

Demi: Não fique assim.

Joe: Sabe como é difícil para mim? Te amar e não poder ter você? Amar meu irmão e...

Demi: Já conversamos sobre isso.

Joe: Vivemos dentro da mesma casa. Dormimos no mesmo quarto, Demetria. Na mesma 
cama. E eu nem posso te abraçar ou...

Demi: Claro que você pode me abraçar, amigos se abraçam.

Joe: Amigos?

Demi: Não está sendo fácil para mim, ok?

Joe: Bom saber. Porque eu tenho problemas demais para resolver e quando chego em casa 
não posso nem beijar a minha noiva.

Demi: Então você só quer me beijar? É isso? Sou uma diversão para você?

Joe: Não! Eu quero poder chegar e dizer que te amo, te beijar a qualquer momento sem 
esconder isso dos outros. Quero sair de mãos dadas na rua com você e nossa filha. Quero dar uma família a Isabella, que nunca teve isso.

Demi: VOCÊ ACHA QUE A CULPA É MINHA?

Joe: Não, eu não sei de mais nada. Só acho que as coisas poderiam ser mais fáceis se...

Demi: Se o que?

Joe: Nada. Esquece.

No dia seguinte...

Demi off – Sel on

Denise: Ele está no quarto querida, pode subir. – Assenti e subi as escadas. O quarto de Nick era um dos primeiros do enorme corredor. Bati na porta de seu quarto e ele disse o tradicional ‘’ entra ‘’ .

Nick: Sel? Oi. – Ele se levantou da cama e veio me dar um abraço.

Sel: Oi Nick. Como você está se sentindo?

Nick: Foi somente uma queda de pressão.

Sel: Que deixou todos malucos!

Nick: E Demi?

Sel: DEMI QUASE MORREU! Quer dizer, acho que exagerei mas... Você sabe, ficamos com 
muito medo que alguma coisa pior acontecesse.

Nick: Ela deve estar bem com Joe.

Sel: É ai que você se engana. Além de Joe não sair daquele quarto de hospital eles não estão 
juntos. Não mais. Ficaram por muito pouco tempo.

Nick: Eles não se amavam?

Sel: Você sabe que Demi te ama e não faria isso se soubesse que sua reação fosse... Ir parar 
em um hospital.

Nick: A culpa deles não estarem juntos é minha não é Sel? Eles se amam e... Eu estou 
estragando tudo.

Sel: Não diga isso. Por favor...

Nick: Joe deve estar me odiando.

Sel: Não está, acredite.

Nick: Demi ainda não veio me ver.

Sel: As coisas estão complicadas.

Nick: Complicadas?

Sel: Ela anda tendo sonhos com Ashley, Bella foi viajar com Frankie, Kev e Miley, como você 
sabe. E, ela não esta dormindo a noite, somente de dia.

Nick: Tudo por minha causa.

Sel: Sabe, vocês tem uma mania de se culparem.

Nick: Sel, eu vou até a casa de Demi. Que horas são?

Sel: São 4 e pouco, quase cinco.

Nick: Certo. – Nick foi até seu closet e logo voltou vestindo uma jaqueta. – Preciso ter uma 
conversa com Demetria.

Sel: Estou de carro, se quiser eu posso te levar.

Nick: Estou bem Sel.

Sel: Tem certeza Nick? – Ele me abraçou e eu relaxei em seus braços.

Nick: Tenho. Agora vamos.

Fui para casa  e Nick seguiu para casa de Demi.

Sel: Mãe? Está ai?

Mandy: Oi querida, voltou cedo.

Sel: Nick foi conversar com Demi, não quis atrapalhar os dois.

Mandy: Fez bem querida. – Me joguei no sofá e minha mãe se sentou ao meu lado. – Eu te 
conheço, Selena. O que está acontecendo?

Sel: Não é nada, vou para o meu quarto. – Dei um beijo na testa de minha mãe e subi correndo as escadas.

Eu precisava dar um jeito na minha vida, sair. A quanto tempo eu não namoro? Acho que os problemas estão me tomando muito mais do que imaginava. Sempre foi a Demi em primeiro lugar e sempre será mas, isso não me impede de ter uma vida. Olhei todos os nomes na lista do meu celular, e finalmente achei o que eu precisava nesse momento.

Sel: Lembra de mim? – Disse assim que escutei sua voz na linha.

Sel off – Joe on

Joe: ME DA DEMETRIA!

Demi: Não Joe, sai daqui. ALÔ? BELLA? ESTÁ ME OUVINDO?

Joe: SOLTA, QUERO FALAR COM A MINHA FILHA. – Tentei mais uma vez tirar o telefone da mão de Demi, mas como sou mais alto... – Bella? Filha? Como você está?

Bella: Oi pai, eu... Cadê minha...

Demi: JOSEPH ME DA ESSE TELEFONE AGORA! – ela pulava e puxava pela camisa.

Joe: Se você...

Bella: Pai? Cadê minha mãe?

Joe: Filha, estou sentindo a sua falta e a sua mãe foi beber água.

Demi: MENTIRA, ISABELLA. O IDIOTA O SEU PAI QUE...

Joe: O QUE VOCÊ DISSE?

Bella: CHEGA VOCÊS DOIS, VOU DESLIGAR! – Bella desligou o telefone e Demi começou 
a me bater.

Demi: BEM FEITO, SUA CULPA!

Joe: Minha?  Você quase arrancou minha camisa fora.

Demi: Não tenho culpa de você ser mais alto!

Joe: Eu queria falar com minha filha.

Demi: Eu atendi o telefone.

Joe: Mas... – A campainha tocou e eu desci da cama.

Demi: Eu atendo.

Joe: Não, eu atendo.

Demi: DEIXA DE SER IMPLICANTE JOSEPH! EU ATENDO! – Ela pulou da cama e começou a correr. Um sorriso de abriu no meu rosto e joguei o celular na cama. Ela parecia uma adolescente. Desci as escadas e vi Demi abraçando Nick que estava com um buque de rosas em sua mão. – São lindas, Nick. Obrigada.

Nick: Não agradeça.

Demi: Vamos entre. Vou colocar as rosas em um vaso. AH Joseph, ai esta você. Coloque por 
favor essas rosas no vaso de cristal da mamãe sobre o piano ?

Joe: Claro. Oi Nick.

Nick: Oi Joe. Como vai?

Joe: Bem e você cara? Já volto. Vou fazer o que a madame pediu.

Demi: É, claro. Madame. – Demi revirou os olhos e depois sorriu se sentando ao lado de Nick 
no sofá.

AONDE ESTAVA A DROGA DESSE VASO?

Joe: Demi, aonde está o vaso Demetria?

Demi: Você não sabe de nada não é mesmo?

Demi veio até a cozinha e arrumou as rosas perfeitamente no vaso de cristal.

Demi: Sabe aonde está o piano? Se quiser eu te mostro também. – Ela me entregou o vaso e 
eu o coloquei sobre o enorme piano branco de cauda em nossa sala.

Nick: Eu quero conversar com vocês.

Joe off – Miley on

Miles: Tem certeza Bella?

Bella: Tia Miles, eu não quero a Minnie em pelúcia.

Miles: Mas ela é tão fofinha...

Bella: Porque você não compra pra você?

Miles: Sou muito velha, Bells. Faz assim, eu finjo que compro para você e estou comprando 
para mim, ok? – Bella gargalhou alto junto com Frankie e Kev.

Kev: Amor,deixa de drama. Leva logo a Minnie.

Frankie: É, quero ir na montanha russa.

Kev: Eu também!

Miles: Então faz assim, vocês vão na montanha russo enquanto eu e Bella gastamos dinheiro ok?

Kev: Ok. – Kevin foi andando na frente com Frankie.

Miles: NÃO ESQUECEU NADA PAUL KEVIN JONAS II?

Kev: Oh, certo. – Kev pegou a carteira e me deu seu lindo e reluzente cartão de crédito.

Miles: IDIOTA! Não estava me referindo a isso.

Bella: Ela quer um beijo tio Kev. Hello!

Kev: Hello se seu pai escuta isso.

Bella: Hello ele está bem longe daqui.

Frankie: HEllo que eu estou aqui.

Miles: AAAAH CHEGA DISSO! – Todos me olharam e eu peguei na mão de Bella. – Tchau Jonas, não quero assunto com você. – Kevin me roubou um selinho e saiu correndo com Frankie.

Bella: Ele no fundo sabia o que você queria.

Miles: Mas ele deu mole.

Bella: E COMO! Aquela loja ali é uma tentação tia Miles.

Miles: Acho que não custa nada dar uma passadinha né?

Bella: Custa nossas mãos para carregar as sacolas. – Ri e dei um beijo na cabeça de Bella. 

Não tinha preço ver aquela menina sorrindo. Me lembrava o sorriso de Ashley. Os olhos expressivos de Joe e o carisma de Demi. – Tudo bem Tia Miles?


Miles: Sim, vamos.

Entrei com Bella na loja e só saímos quando Kevin ligou perguntando aonde iríamos nos encontrar. Ele fez uma cara tão engraçado quando olhou para Bella e para mim. Frankie só ria.

Frankie: Ainda bem que não tenho cartão.

Miles off- Demi on

Nick tinha acabado de sair daqui de casa. Estava frio hoje em Los Angeles, e chovia também. Isso não acontece todo dia.

Joe: O que você achou do que Nick disse?

Demi: Preciso achar alguma coisa.

Joe: As vezes você me irrita.

Demi: As vezes? Bom saber.

Joe: Demi!

Demi: O que é?

Joe: Nick disse que está tudo bem se...

Demi: Joe, olha só... – Respirei fundo olhando para o deus grego em minha frente.

Joe: Nick vai ficar bem, aquilo foi um susto. Ele mesmo disse que não tinha tomado o remédio, 
Demi.

Demi: Ok, mas...

Joe: CARAMBA EU TE AMO!


Demi: E DAI? ISSO NÃO É O BASTANTE!

Joe: NÃO É O BASTANTE?

Demi: NÃO! EU NÃO QUERO PARAR NOVAMENTE NUM HOSPITAL.

Joe: ELE VAI FICAR BEM!

Demi: EU SEI!

Joe: Então Demi...

Demi off – Joe on

Cheguei mas perto de Demi e ela subiu correndo as escadas. Fiquei parado no mesmo lugar 
e ela desceu novamente agora com um sobretudo.

Joe: Aonde você vai?

Demi: Sair.

Joe: PARA ONDE?

Demi: Eu não sei, ok?

Joe: Está escuro e chovendo Demi.

Demi: Eu preciso ficar sozinha. – Ela saiu de casa batendo a porta. Sai correndo atrás dela pela rua.

Joe: PARE AGORA DEMETRIA! – Ela estava completamente molhada. E eu também estava, agora.

Demi: O QUE VOCÊ QUER AGORA? – Ela disse parando mas ainda assim de costas para mim.

Joe: O QUE EU SEMPRE QUIS! SEU AMOR! SE ESTIVERMOS JUNTOS VAMOS 
SUPERAR TUDO! – ela permaneceu muda. Imóvel. – A única coisa que eu quero é poder mostrar o quanto eu te amo. É poder montar uma família com a mulher que sempre sonhei. É poder olhar para aliança em meu dedo e ver que isso não é somente uma farça. Porque se você não me amar Demetria. Eu arranco agora mesmo essa aliança de meu dedo e te dou a guarda de Isabella, afinal, é por isso que estamos casados hoje, não é? Você poderia estar feliz com Nick.  Agora, eu não me arrependo de ter voltado, e NÃO VOU ME SEPARAR DE ISABELLA, SE ESSA FOR SUA ESCOLHA, QUE A GENTE SE SEPARE, PRECISAMOS DAR UM JEITO!

Demi: Você é um idiota. – ela se virou e veio andando devagar até mim. Eu quase não a via. Mas podia ver pela sua voz que ela chorava. – Quem foi a pessoa que colocou na sua cabeça que eu quero tirar Isabella de você? Quem foi que colocou na minha cabeça que eu quero tirar essa aliança de nossos dedos e terminar nosso casamento? Quem foi que disse que minha escolha é ficar longe de você? ISSO É REAL, EU TE AMO SEU IDIOTA!

Joe: Vamos entrar, vamos ficar doentes.

Demi: PROBLEMA, QUE TODOS OUÇAM E QUE EU FIQUE DOENTE. EU NÃO ME IMPORTO! JÁ PASSEI POR COISAS MUITO PIORES DO QUE UM RESFRIADO. AGORA NÃO MUDE DE ASSUNTO. COMO PODE PASSAR PELA SUA CABEÇA QUE EU NÃO TE AMO?

Joe: Demi, eu só pensei...

Demi: Você pensou? Você pensou na coisa mais ridícula e impossível do mundo.

Joe: Não fale assim...

Demi: O que você quer que eu fale? Você quer que eu grite , é isso? Quer que eu grite para 
todos escutarem que eu te amo? QUER JOSEPH?

Joe: Não precisa. Eu acredito em você. – Ela veio se aproximando cada vez mais de mim. Ela colocou uma de suas mãos em meu peito e a outra segurou meu rosto.

Demi: Nunca, em hipótese alguma diga ou pense que eu não te amo.

Joe: Não irei.

Demi: Perfeito. – Ela me puxou pela camisa e selou nossos lábios. A envolvi pela cintura e juntei nossos corpos. Agora, nada, nem ninguém poderia nos separar. 



Bom, ai está o ENOOOORME CAPÍTULO! EU AMEIIII ESCREVER ESSE CAPÍTULO! AMEI TUDO NELE, TUDO! KKKKKK' Olha, se estiver algum erro ortográfico, não me julguem, escrevi isso tudo e mais em meia hora e bom, não estava com vontade de ler tudo, revisar e enfim.. Beijonas, eu amo vocês!

7 comentários:

  1. eu podia jurar que algo de ruim aconteceria ai '-' kkk posta logo

    ResponderExcluir
  2. Perfeito! Lindo lindo lindo! Como sempre!

    ResponderExcluir
  3. olha gosto muito das suas historias mais chega olha ta muito riduculo a Demi nao é assim na real sei que isso é ficçao mais ta horrivel pra que tanto drama? e ela na vida real nao é tao safada de ficar com dois meninos ao mesmo tempo, entao por favor pare nao sei se outras pessas etao gostando mais eu nao desculpa mais so sincera. e nao estou gostando

    ResponderExcluir
  4. Que lindooooooooooooooooo!!!!!!!!
    Ameiiiiiiiiiiiiiiii!!!
    Só tava com medo que algo acontecesse '-'
    O Nick tem que se declarar para a Sel logo
    Ai eles se casam e todos vivem felizes para sempre *-*
    Posta logo,beijos.
    Selinhos http://funny-fics.blogspot.com/2012/01/enchente-de-selos.html

    ResponderExcluir
  5. Esta perfeito e lindo..E tem um selinho do meu blog pra você
    http://jemi4rever.blogspot.com/2012/01/selinhos.html

    ResponderExcluir
  6. Divulga pra mim por favor
    um blog novo que eu fiz é meu primeiro blog

    http://jemioreecontro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA.
    Eles vão ficar juntos, eu amei demais o capitulo.
    posta rapido, please amei tudo.
    Tem um selinho pra você lá no meu blog:

    http://historiasentreeles.blogspot.com/2012/01/selinhos-divulgacao.html

    Beijos, (:

    ResponderExcluir